Que alergias provocam coceira na pele

18 jun, 2022 | Dr. André Aguiar Gauderer | No Comments

Que alergias provocam coceira na pele

alergia coceira na pele

Os mais diversos tipos de alergias podem causar coceira na pele. Desde exposições a plantas específicas até reações a medicamentos ou a algum tipo de alimento. O fato é que a causa pode não ser identificada facilmente. No entanto, é possível identificar e tratar as alergias consultando um alergista.

Sumário

Saiba quais são os tipos de alergia?

Existem diversos tipos de alergia, para saber como tratá-las é preciso identificá-las primeiro. O que só um médico através de análises clínicas e testes consegue fazê-lo corretamente. Veja a seguir quais delas causam coceira na pele:

Dermatite atópica

O eczema, que pode ser chamado também de dermatite atópica, afeta de 10% a 20% das crianças e 1% a 3% dos adultos. Um sinal costumeiro do eczema é a coceira na pele, pele seca, vermelha e irritada.

Às vezes, especialmente quando infectada, a pele pode apresentar pequenas protuberâncias cheias de líquido que transpiram um líquido claro ou amarelado. Geralmente, pessoas com eczema têm um histórico familiar de alergias.

Urticária

A urticária é caracterizada por saliências vermelhas ou vergões que aparecem no corpo. A condição é chamada de urticária aguda se não durar mais de seis semanas e urticária crônica se persistir além de seis semanas.

A urticária aguda pode ser causado por uma alergia alimentar, a medicamentos, uma infecção ou ter causa desconhecida. A urticária crônica geralmente é uma doença autoimune.

Dermatite de contato

A dermatite de contato é uma reação que aparece quando a pele entra em contato com um irritante ou um alérgeno. Os sintomas podem incluir erupção cutânea, bolhas, coceira na pele e queimação.

São muitos os gatilhos que podem desencadear em reações alérgicas e consequentemente coceira na pele. Somente para exemplificar, sabonetes, detergentes para roupas, amaciantes de roupas, xampus e até a exposição excessiva à água podem causar dermatite de contato. Metais, como por exemplo o níquel, componente do aço inoxidável e até outras ligas usadas em bijuterias também podem causar reações. Assim como adesivos, esmaltes, medicamentos tópicos, plantas e luvas de látex podem ser os causadores da dermatite de contato.

Às vezes, um alérgeno não causa uma reação cutânea, a menos que a pele também seja exposta à luz solar. Esta condição é chamada dermatite de contato fotoalérgica e pode ocorrer com produtos como loção de barbear, protetor solar e alguns perfumes.

Se você suspeitar que tem alguma dessas condições, é possível realizar um exame e testes para ajudar a determinar a causa de sua reação cutânea. Dessa forma, o alergista também pode recomendar um tratamento para ajudar a aliviar os seus sintomas.

Como aliviar a coceira na pele?

A primeira regra para evitar piora do quadro que provoca a coceira na pele é evitar coçar! A segunda é procurar um especialista.

Coçar sua erupção cutânea ou urticária pode criar mais irritação e levar à infecção. Banhos frequentes seguidos imediatamente com hidratação adequada podem ajudar a aliviar o desconforto.

Alergistas são especialmente treinados para ajudar a tratar sua condição. Logo, eles podem prescrever um creme ou medicação oral para ajudar a aliviar o incômodo. Anti-histamínicos e pomadas hidratantes também podem ajudar a aliviar a irritação e o ressecamento. Recentemente, novos medicamentos foram aprovados, incluindo uma pomada para dermatite atópica leve a moderada e um biológico para dermatite atópica moderada a grave.

No entanto, como vimos há outros quadros clínicos e alergias que podem provocar a coceira na pele e somente um médico alergista pode fazer um correto diagnóstico, tratamento e consequentemente a melhora na coceira na pele.

Com o correto diagnóstico e tratamento é possível ter ganho na melhoria da qualidade de vida. Na Policlínica Botafogo contamos com testes para diagnóstico, vacinas para alergias e uma equipe médica especializada para monitorar os avanços do seu quadro clínico. Agende uma consulta.

Comentários

Deixe seu comentário

Nossos comentários são respondidos pelo Dr. André Aguiar Gauderer, alergista e imunologista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.