O que é bronquite alérgica

23 jun, 2022 | Dr. André Aguiar Gauderer | No Comments

O que é bronquite alérgica

o que e bronquite alergica

Existem dois tipos de bronquite: a bronquite aguda e a bronquite alérgica. A primeira pode ser causada por um vírus ou bactéria e desaparece depois de alguns dias, enquanto a segunda por um gatilho alérgeno e é crônica.

A bronquite crônica pode ser causada pela exposição a gatilhos de alergia, ou seja, poluição, poeira ou fumaça de cigarro. Este tipo de bronquite faz parte da doença pulmonar obstrutiva crônica, assim como o enfisema e pode durar meses ou mais.

Sumário

O que é bronquite?

A bronquite é uma inflamação ou inchaço dos brônquios que transportam o ar para os pulmões. Quando você tem bronquite, suas vias aéreas também produzem bastante muco. O muco normalmente protege seus pulmões prendendo bactérias, poeira e outras partículas antes que elas possam entrar. A presença de muito muco dificulta a respiração. Por isso, pessoas com bronquite geralmente tossem bastante e têm dificuldade para respirar.

Quais são os sintomas da bronquite?

Sem dúvida, a tosse é o principal sintoma da bronquite alérgica e da bronquite aguda. No caso de bronquite aguda, a tosse geralmente some depois de alguns dias ou semanas. Na alérgica, a duração é maior podendo levar várias semanas ou meses.

Ao tossir, é produzido um fluido espesso e viscoso chamado muco. Na bronquite aguda, o muco pode ser amarelo ou verde. No entanto, o muco da bronquite crônica costuma ser claro ou branco.

Quais são as causas da bronquite alérgica?

A causa mais comum da bronquite alérgica é o tabagismo. Especialmente porque o cigarro tem uma fumaça cheia de produtos químicos perigosos que irritam o revestimento das vias aéreas. Sendo assim, os seus pulmões produzem mais muco do que deveria e causa a bronquite crônica.

Existem outras causas que incluem:

  • Poluição do ar,
  • vapores químicos,
  • pó e pólen.

Saiba quais são os fatores de risco

criança com tosse alérgica

O maior vilão da bronquite crônica são os produtos à base de tabaco. Além disso, existem outros fatores de risco:

  • ter mais de 45 anos;
  • trabalhar em um lugar onde há exposição a poeira ou fumaça química, como por exemplo mineração de carvão, têxteis ou agricultura;
  • viver ou trabalhar em uma área com muita poluição do ar;
  • ser do sexo feminino;
  • ter alergias.

Como é feito o diagnóstico?

Se você está tossindo há mais de três semanas ou está tossindo sangue é recomendado entrar em contato com um médico. A recomendação também é válida para quem está com o peito chiando ou ainda sentindo falta de ar. O diagnóstico pode ser de bronquite alérgica. No entanto, uma tosse persistente é sintoma de algo que não está no seu corpo. Então, de qualquer modo, o melhor é procurar um médico.

Neste caso, o médico poderá fazer algumas perguntas para então ouvir seus pulmões com um estetoscópio. Existem alguns testes realizados para descobrir se é um caso de bronquite alérgica. São eles:

O médico irá verificar uma amostra do muco que você tossir para ver se você tem uma infecção ou alergia.

  • Raio-x do tórax

Este teste de imagem procura quaisquer crescimentos ou problemas nos pulmões.

  • Teste de função pulmonar

Você soprará em um dispositivo chamado espirômetro para ver quão fortes são seus pulmões e quanto ar eles podem conter.

No Serviço de Alergia e Imunologia da Policlínica Botafogo, você pode realizar testes de alergia e identificar que tipo de bronquite tem, com tratamento é possível ter uma melhor qualidade de vida.

Comentários

Deixe seu comentário

Nossos comentários são respondidos pelo Dr. André Aguiar Gauderer, alergista e imunologista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.