dermatite atopica
Dupixent: Chegou a cura para dermatite atópica?
20 de junho de 2020

Alergia a dipirona e anti-inflamatórios

lista medicamentos alergia anti-inflamatórios

Reações de alergia a dipirona e alergia a anti-inflamatórios de um modo geral, são as alergias a medicamentos mais comuns na prática médica. São até mais comuns do que as alergias a antibióticos como penicilina e bactrim

A dipirona faz parte de um grupo de medicamentos chamados anti-inflamatórios não esteroidais (aines). Esses medicamentos têm efeito anti-inflamatório (diminuem a inflamação), analgésico (diminuem a dor) e antipirético (diminuem a febre).

São o grupo de medicamentos mais usados em todo mundo e respondem por 25% de todas as reações alérgicas a medicamentos. Então, se você tem alergia a dipirona, não está sozinho, muita gente também tem. A chance de uma pessoa qualquer ser alérgica a anti-inflamatórios é de até 5%.

Os anti-inflamatórios podem causar vários tipos de alergia sendo a mais comum urticária e/ou angioedema. Mais o que é isso?

Após o paciente tomar um anti-inflamatório, dipirona por exemplo, desenvolve edema em lábios e pálpebras, as vezes língua, orelhas e outras partes do corpo. Isso se chama angioedema. Pode também apresentar placas vermelhas pelo corpo, como picadas de abelhas. Isso se chama urticária. Com frequência o paciente pode apresentar as duas formas de lesões, ou apenas uma delas.

alergia a dipirona urticaria

urticária

 

alergia a dipirona angioedema

angioedema labial

O início geralmente é rápido e as lesões costumam aparecer na primeira hora após a ingesta do medicamento, mais ocasionalmente pode demorar mais. Em alguns casos pode evoluir com importante falta de ar, inchaço da língua e garganta e até choque anafilático, podendo ser fatal.

Mas eu nunca tive alergia a dipirona. Posso desenvolver depois de velho?

É assim mesmo. Alergia a dipirona ou a qualquer anti-inflamatório pode aparecer a qualquer momento da vida, em qualquer pessoa. Mesmo que você já tenha feito uso de dipirona muitas vezes antes pode desenvolver alergia a dipirona de uma hora para outra. E geralmente você continuará sendo alérgico para o resto da vida.

Quais os outros tipos de alergia a anti-inflamatórios?

Além da urticara e angioedema existem outras reações alérgicas a anti-inflamatórios.

  • Exacerbação de uma doença respiratória por anti-inflamatórios. O paciente que já tem uma doença respiratória prévia piora ao usar o medicamento. Geralmente o paciente tem asma e sinusite crônica com pólipos e percebe que a sinusite e/ou a asma pioram com o uso desses medicamentos.

  • Doença cutânea exacerbada por anti-inflamatórios. O paciente já tem uma doença cutânea, geralmente urticária crônica, e piora ao usar os medicamentos.

  • Reações alérgicas tardias. São um grande grupo de doenças que aparecem tardiamente após a ingesta do anti-inflamatório, geralmente dias após o uso. Podemos citar exantema maculopapular, erupção pigmentar fixa e reações bolhosas na pele.

Quem tem alergia a dipirona pode tomar ibuprofeno?

Na maioria das vezes não. Geralmente quem tem alergia a um anti-inflamatório tem alergia a toda a família dos anti-inflamatórios. Isso inclui ibuprofeno, aspirina, diclofenaco e outros.

Isso se deve porque na maioria das vezes a reação alérgica ocorre pelo fato desses medicamentos inibirem a ação de uma enzima chamada ciclo-oxigenase 1 (cox 1). Então todos os medicamentos que inibem essa enzima vão causar a alergia. E a maioria dos anti-inflamatórios inibem essa enzima.

Podemos então dividir os anti-inflamatórios conforme sua capacidade de inibir a enzima cox 1.

Anti-inflamatórios inibidores fortes da cox 1 e que devem causar alergia mais grave

  • Ácido acetilsalicílico (AAS). Aspirina

  • Acido mefenâmico. Postan

  • Cetorolaco. Toragesic

  • Diclofenaco. Voltaren

  • Ibuprofeno. Aliviun, advil

  • Naproxeno. Flanax

  • cetoprofeno. Profenid

  • Piroxicam. Feldene

  • Indometacina. Indocid

  • Etodolaco. Flancox

  • Dipirona. Novalgina, buscopan composto

  • fenilbutazona. Butacid

Anti-inflamatórios que são fracos inibidores da cox 1 e as vezes são tolerados

  • paracetamol. Tylenol

  • nimesulida. Arflex, nisulid

  • meloxicam. Melocox, bioflac

Anti-inflamatórios que não inibem a cox 1 e geralmente são bem tolerados

  • Celecoxibe. Celebra

  • etoricoxibe. Arcoxia

De um modo geral se você tem alergia a dipirona provavelmente também vai ter alergia a diclofenaco, ibuprofeno, aspirina.

A reação alérgica é dose dependente. Isso quer dizer que quanto maior a dose do medicamento mais grave será a reação alérgica. Se você tomar 1 comprimido de aspirina 500mg pode ter uma alergia leve porém se tomar 2 ou mais comprimidos terá uma alergia muito mais grave.

Quem tem alergia a dipirona pode tomar nimesulida?

Talvez. A nimesulida inibe fracamente a enzima cox 1. E quanto mais inibir a enzima cox 1 maior a reação alérgica. Então tem uma chance razoável do paciente tomar a nimesulida e nada acontecer. Pelo menos na dose-padrão de 1 comprimido de 100mg de 12/12hs. Se aumentar a dose e tomar 2 comprimidos ao mesmo tempo pode ser que tenha alergia. Não é recomendado fazer esse teste por conta própria. Existe um teste de provocação, feito por especialista dentro do hospital, que serve para avaliar se pode ou não tomar a nimesulida

Quem tem alergia a dipirona pode tomar paracetamol?

Provavelmente. Paracetamol é um inibidor fraco da enzima cox 1 e na maioria das vezes bem tolerado pelo paciente com alergia a dipirona e outros anti-inflamatórios. Importante lembrar que isso é válido para a dose-padrão de 1 comprimido de 500mg de 6/6hs. Se aumentar a dose aumenta a inibição da enzima cox 1 e aumenta a chance de alergia. Existem comprimidos de paracetamol de 750mg e no exterior tem de 1.000mg. Então tenha cuidado.

Não é recomendado testar o uso de paracetamol por conta própria. Existe um teste de provocação, feito por especialista dentro do hospital, que serve para avaliar se pode ou não tomar o paracetamol

Tenho alergia a dipirona e aas, qual anti-inflamatório tomar?

De preferência um que não iniba a cox 1, como o celecoxibe (celebra). A chance de alergia e bem pequena, porém existe. Em boa parte das vezes também é possível o uso de paracetamol nas doses de 500mg 6/6hs. Não se deve aumentar a dose com o risco de causar uma reação alérgica.

Quem tem alergia a dipirona pode tomar amoxacilina?

Sim. Na alergia a anti-inflamatórios você tem alergia a um grupo de medicamentos que compartilham em comum uma coisa. Todos inibem a enzima cox 1. Você pode fazer uso de qualquer outro medicamento que não iniba essa enzima. Ou seja, todos os antibióticos estão liberados, anestésicos e outros medicamentos que não sejam da família dos anti-inflamatórios.

Nada impede que você seja um azarado e também tenha alergia a algum antibiótico ou outro medicamento. Mas isso seria apenas coincidência. Se você tem alergia a dipirona a chance de ser alérgico a outro medicamento é a mesma que no resto da população.

Meu pai tem alergia a dipirona, também devo ter?

Não. Alergia a medicamento não passa de pai para filho. Outros tipos de alergia sim, como alergia a poeira e pelos de animais, mas a medicamentos não.

Tenho alergia a dipirona e também ao paracetamol. O que tomar?

Nesse caso você deve usar um anti-inflamatório que não iniba a cox 1 como o celecoxibe. Para a dor você pode usar um medicamento opioide como a codeína. O nome comercial da codeína é Codein e só vende com receita controlada por ser um medicamento opioide, da família da morfina. Não se deve usar o famoso Tylex, que contem codeína porém também o paracetamol.

 O paciente alérgico a dipirona deve sempre andar com uma lista de medicamentos que não pode usar.

É muito difícil lembrar todos de cabeça. A lista deve ser com os nomes genéricos como dipirona por exemplo. Isso porque o nome comercial pode variar muito e a indústria farmacêutica pode lançar um novo produto com nome diferente porém que contem a dipirona, então sempre procurar no rótulo o nome genérico.

Dipirona por exemplo está presente em:

  • Novalgina

  • Buscopam composto

  • anador

  • baralgim

  • alginac

  • benegrip

  • atroveram

  • enxak

  • migraliv, etc

Como você pode ver muitos remédios podem conter dipirona e você não tem como saber todos. Fora os outros anti-inflamatórios. Então o melhor a fazer e sempre que for tomar um medicamento consultar sua listinha de nomes genéricos dos anti-inflamatórios.

Todo mundo que tem alergia a dipirona também tem aos outros anti-inflamatórios?

Não. O mais comum é a reação cruzada por conta da inibição da enzima cox 1. Porem , ocasionalmente alguém pode ter alergia apenas a 1 tipo de anti-inflamatório e não ter a outro. Isso se deve a alergia IgE mediada a molécula do medicamento e não tem nada a ver com a inibição da enzima cox 1. Nesse caso é seguro o uso de outros anti-inflamatórios.

Alergia a dipirona o que tomar? Como se trata? Tem cura?

Não existe cura para a alergia a anti-inflamatórios. Você provavelmente terá essa alergia para o resto da vida. Tratamento com vacinas para alergia não resolve isso.

O tratamento é basicamente evitar o uso da medicação em questão e saber quais medicamentos você pode tomar em caso de dor, febre e inflamação.

O melhor é procurar um alergista para se orientar. Você pode encontrar um no site da Asbai. Ele é o especialista indicado para tratar desses casos. O alergista vai ouvir sua história e com frequência consegue fazer o diagnóstico de alergia a medicamentos mesmo sem precisar de exames. Se for preciso ele solicitará o teste de provocação medicamentosa para confirmar o diagnóstico ou para poder indicar um outro remédio para você tomar com segurança.

De um modo geral quem é alérgico a dipirona tolera bem paracetamol nas doses habituais, assim como celecoxibe e codeína para dor.

O que é o teste de provocação e como é feito?

O teste de provocação é o melhor exame para confirmar a alergia a dipirona e outros anti-inflamatórios.

Em um ambiente hospitalar o paciente recebe doses progressivamente maiores de um anti-inflamatório como a aspirina por exemplo. O médico então avalia se ele tem alguma reação alérgica ou não. Como você pode ver estamos provocando deliberadamente uma reação alérgica no paciente. Então existe certo risco este teste. Por isso deve ser feito em ambiente hospitalar, com todos os remédios a mão para tratar uma possível reação alérgica e acompanhado por médico com experiência nesse tipo de procedimento.

É um teste seguro quando bem-feito. Costuma demorar algumas poucas horas porque os medicamentos são administrados aos poucos. Infelizmente ainda não consta no rol de procedimentos da ANS então os convênios não cobrem esse exame.

Além de confirmar o diagnóstico o teste de provocação também serve para oferecer um medicamento alternativo para o paciente. Digamos que já se tem certeza que o paciente tem alergia a dipirona e outros anti-inflamatórios, porém ele nunca usou paracetamol. Pode ser que ele tolere bem o uso do paracetamol porém pode ser que não. O ideal então é fazer o teste de provocação medicamentosa com paracetamol e avaliar. Se ele tiver alguma reação alérgica estará em ambiente seguro e na presença de um médico. Se fizer por conta própria em casa pode ter uma reação alérgica mais grave e com risco de vida.

Se você ficou com alguma dúvida fique a vontade para me deixar uma pergunta no formulário abaixo que irei responder.

Doctoralia.com.br

 

51 Comentários

  1. Thamiris disse:

    Adorei!!!! Muito esclarecedor!!!

  2. Bruna alice disse:

    Prednisolona pode ser tomado por pessoas que tem alergia a ibuprofeno aas e dipirona por exemplo?

  3. VOLNEY DOS ANJOS CUNHA DE OLIVEIRA disse:

    Adorei, mas gostaria de tirar uma dúvida.
    Tenho alergia a dipirona desde criança e sempre tomei paracetamol, porém há uns 10 anos quando tomei o tylenol AP (dosagem forte para longa duração) apareceu a reação alérgica, será que foi por ser uma dosagem mais forte e agora corre o risco de aparecer mesmo com 500mg?

  4. Vanessa disse:

    Muito bom, Dr. Obrigada.
    Esse artigo é melhor do que várias consultas que já fiz.
    Uma dúvida:
    Já apresentei alergia ao paracetamol 500 mg, acredito que foi pq fiquei tomando de 6 em 6 horas, para tratar os sintomas da chikungunya. Seguro pra mim é só de 8 em 8 horas, e mesmo assim ainda tenho receio e não abuso.
    Você acha que eu posso chegar a não tolerar mais de jeito nenhum o paracetamol? Você acha que a reação alergica pode piorar se eu ficar “provocando” aos poucos, com o paracetamol por exemplo?

    • A reação alérgica a antiinflamatórios pode piorar sim, mas não por você ficar “provocando”. Ela naturalmente pode progredir ao ponto de você não conseguir mais tomar o paracetamol.

      • Juliano Amaral disse:

        Excelente matéria, muito esclarecedor. Parabéns Doutor.
        Tenho alergia há mais de 20 anos:
        Alimentos:Ovo, camarão, castanha e gengibre.
        Medicamentos: Dipirona, paracetamol, nimesulida…
        Sempre que tenho dor ou inflamação é um sofrimento, sem saber o que tomar.
        Gostaria de fazer o teste de provocação. É só ir no hospital e solicitar?
        Após ler a matéria acredito que eu possa tomar o celecoxibe ou o etoricoxibe.
        Obrigado Doutor.

  5. Daniela Leonardo disse:

    Minha mãe tem alergia a dipirona e está com uma tosse terrível que remédio posso dar a ela pra acalmar a tosse e tbem o nariz congestionado..

    • Tosse é um sintoma, não um diagnóstico. Você precisa saber qual a causa da tosse para tratar adequadamente. Por exemplo, se ela estiver com tosse devido a uma gripe um antitussigeno apenas resolve. se for por uma pneumonia deve fazer um antibiótico. Se for por bronquite ou asma, nebulização com broncodilatador e corticoide. se for por refluxo uma medicação própia para refluxo. Ela deve se consultar com um otorrino para avaliar a causa da tosse e tomar o medicamento adequado.

  6. Juliano Amaral disse:

    Excelente matéria, muito esclarecedor. Parabéns Doutor.
    Tenho alergia há mais de 20 anos:
    Alimentos:Ovo, camarão, castanha e gengibre.
    Medicamentos: Dipirona, paracetamol, nimesulida…
    Sempre que tenho dor ou inflamação é um sofrimento, sem saber o que tomar.
    Gostaria de fazer o teste de provocação. É só ir no hospital e solicitar? Obrigado Doutor.

  7. Neusa Saracelly Almeida disse:

    Tenho Rinite Alérgica há anos, usava Afrin, depois passei para Aturgil, em abril de 2020, meus olhos, nariz e rosto ficaram ligeiramente inchados, fora os espirros constantes, e nariz pingando, coisa que nunca tive, procurei um otorrino e ele me passou um exame de endoscopia nasal e videolaringoscopia, que deram normal os dois exames, ele me passou um corticoide , Avamys por um mes, e quando voltei nele, ele suspendeu o Aturgil e passou Sorine jato continuo, só que de uns tempos pra cá, sinto um cheiro estranho no nariz, uma secreção que sai feito resfriado, mais esse tipo de cheiro que sinto , não é mau cheiro, é um cheiro estranho, queria saber o porque de eu estar assim, não voltei mais no Otorrino.Obrigada.

  8. Beatriz disse:

    Meu marido tem alergia a todos os aines e paracetamol. Existe algum medicamento pra se tomar pra baixar febre?

    • Pode-se usar corticoide em baixas doses nesses casos

      • Dayane Anunciação disse:

        Olá Doutor Parabéns pela matéria foi muito esclarecedora! No meu caso tive reação alérgica com leve angiodema nas pálpebras, orelhas, bochechas, lábios e vermelhidão com sensação de queimor nessas mesmas áreas mas somente ao nimesulida que pelo que entendi é o inibidor da Cox 1 mais fraco. Faço uso constante de ibuprofeno para senuzite e de ácido mefenâmico para cólicas menstruais e não sinto nenhum efeito colateral. E também sempre uso a dipirona de 1g para enxaqueca e não tenho sintomas alérgicos. Alguma coisa específica no nimesulida que pode tá causando minha alergia a ele? Desde já obrigada.

        • É mais raro porem como disse no texto existe a reação alérgica que não é relacionada a inibição da cox 1 e sim especifica do medicamento. A alergia IgE mediada por antiinflamatorio. Nesse caso a alergia e somente a um determinado antiinflamatorio (como a nimesulida) e não ocorre com outros medicamentos.

      • Cristiane disse:

        Bom dia tomei um remédio pra gripe expec ,as pálpebra dos meus olhos encharcam eu sou alérgica a dipirona oq deve fazer

  9. Layane disse:

    Minha mãe é alérgica a dipirona e todos os componentes desse grupo , ela presisa fazer uma tomografia e tem que tomar o contraste ela pode ter uma reação alérgica a ele também?

  10. Monica krepski disse:

    Tenho muitas dúvidas, porém apenas vim agradescer seus esclarecimentos dr., me ajudaram muito!!! Dificil encontrar médico disposto a falar de forma tão simples, porem esclarecedoras a nós leigos. (Muitas vezes nem no consultório temos essa atenção). Infelizmente sou de outro estado, pois sem dúvida o procuraria como paciente. Muito Obrigada! 🙏🏻

  11. Aracelli Yonara. disse:

    Parabéns felicidades. Ótimo artigo. Deus te abençoe.

  12. Jessica disse:

    Olá Dr, sou alérgica a dipirona e aas e estou com mal jeito nas costas, a dor continua e não sei qual remédio posso tomar, poderia me indicar algum?

    • Jessica. Não posso prescrever medicamentos para alguem que não consultei por regulamentação do CRM. Sugiro procurar um alergista para uma consulta e te orientar quanto a alergias a medicamentos

    • Andréa Schlösser disse:

      Melhor artigo encontrado!

      Tenho as alergias medicamentosas listadas e algumas alimentares, hoje sonho um tratamento preventivo na nutrição funcional ou medicina ortomolecular que possa ajudar a evitar o desenvolvimento de novas alergias. Receio com a idade reduzir ainda mais as possibilidades de tratamento de problemas de saúde comuns. É muito difícil ser medicada para qquer sítuacao. tb receio usar imunossupressores, vacinas, etc.
      Obrigada pelo artigo!

  13. William disse:

    Meu dentista passou nimesulida e Dipirona 1g, após o 2 dia tomando surgiu umas grandes manchas vermelhas pelas minhas pernas e parte das costas, suspendi a medição, é mais provável ter sido reação alérgica a dipirona ou a nimesulida?

  14. Maria Aparecida Thomé dos Santos disse:

    É normal, ter reação contraria do dipirona, ao invés de passar a febre, da mais febre, qualquer medicamento que eu tomo que tenha dipirona, me dá febre?

  15. ALEXANDRE POUCHAIN disse:

    Poxa Dr André,

    fui tentar comprar na farmácia os indicados, são todos controlados. Do que adianta esses remédios, por causa de uma dor ou febre vou ter que ir ao alergista só para comprar um remédio. Estou com febre faz dois dias, minha alergia não passa rapido..ou alimento ou dipirona. Preciso trabalhar, não tenho como ir ao médico!
    Contudo, mesmo sendo frustrante, agradeço a solução do meu problema.

  16. Thaís Santos Soares disse:

    Muito esclarecedor, obrigada Doutor!

  17. Fabrício Barboza disse:

    Matéria muito esclarecedora. Parabéns e obrigado!
    Tenho alergia a AAS, dipirona, cetoprofeno. Posso tomar Buscopan Plus (paracetamol e butilbrometo de escopolamina). Pelo paracetamol, sei que posso, pois já tomo. Minha dúvida é o butilbrometo de escopolamina.
    Obrigado desde já!

  18. Rosana pereira Mendes disse:

    Sou alérgica a dipirona e antiflamatorio é tomava paracetamol q hoje também causa alergia,mas mesmo não tomando nenhuma medicação,tenho urticária demais tomo antialérgicos todos os dias,tem algum tratamento pra não ficar com esse incômodo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>