A Clínica

Tradição e segurança para você

O Serviço de Alergia e Imunologia da Policlínica de Botafogo foi fundado pela Dra Maria Cecilia Aguiar em 1990 e desde então vem tratando gerações de famílias. Estamos localizados no primeiro andar do hospital, próximo a portaria principal.

Nosso objetivo é diagnosticar doenças alérgicas ( asma brônquica, rinite alérgica, dermatite de contato e atópica, conjuntivite alérgica, alergia a insetos, alergia alimentar, alergia a medicamentos, etc ) e imunodeficiências.

Atendemos clientes com horário marcado e os que nos procuram numa emergência.

Médicos de alto nível

Dra Maria Cecilia Aguiar

Formação

  • Formada pela Faculdade Nacional de Medicina (UFRJ) - 1970
  • Residência em Pediatria nos USA – Un. de Memphis, TN
  • Residência em Alergia e Imunologia nos USA, Clínica Mayo, MN
  • Fellow em Alergia e Imunologia nos USA, Un. de Harvard
  • Membro da Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia
  • Membro da Academia Americana de Alergia e Imunologia
  • Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria
  • Mestre em Alergia e Imunologia

Dr. Andre Aguiar Gauderer

Formação

  • Formado pela Faculdade Nacional de Medicina (UFRJ) - 2004
  • Residência em Otorrinolaringologia pela UFRJ
  • Pós-Graduação em Alergia e Imunologia pela UFRJ
  • Estágio no Serviço de Alergia e Imunologia da Uni Rio
  • Membro da IAPO, Interamerican Associatioon of Pediatric Otorhinolaryngology
  • Membro da Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia
  • Membro da Sociedade de Otorrinolaringologia do estado do Rio de Janeiro
  • Membro do Colégio Americano de Alergia e Imunologia
  • Membro da Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia

O Serviço de Alergia e Imunologia fica em um dos mais tradicionais hospitais da cidade e conta com o suporte de uma estrutura hospitalar para oferecer testes alérgicos e procedimentos na especialidade.


Tratamentos

Os mais diversos tratamentos na especialidades

RINITE ALÉRGICA

O termo rinite significa inflamação do nariz. A forma mais comum é a rinite alérgica, que acomete cerca de ⅓ da população mundial; sendo causada pela interação de fatores genéticos e exposição a fatores ambientais devido ao contato com alérgenos (substâncias que provocam uma resposta alérgica). Também podem ocorrer a rinite infecciosa, viral ou bacteriana, assim como a rinite gustativa e a rinite do idoso.

A principal causa da rinite alérgica é a hipersensibilidade aos ácaros da poeira de casa, mas ela também pode ocorrer devido a fungos (mofo), pelos de animais, pólen, dentre outros. Apesar da rinite alérgica não oferecer risco de vida, ela reduz significativamente a qualidade de vida da paciente e prejudica o seu rendimento profissional e escolar.

A rinite infecciosa é mais comum em crianças, principalmente em idade pré-escolar, e requer tratamento sintomático e lavagem nasal vigorosa. A rinite gustativa pode acontecer no momento da refeição, principalmente com alimentos muito condimentados como pimenta, e geralmente o paciente apresenta coriza cristalina ao se alimentar. Já a rinite do idoso é multifatorial, podendo ocorrer devido ao ressecamento das mucosas decorrente da idade, assim como efeito adversos de alguns medicamentos.

SINUSITE

é uma inflamação da mucosa dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos. A doença pode ser secundária a uma infecção, quadro alérgico ou qualquer fator que atrapalhe a correta drenagem de secreção dos seios da face. A sinusite aguda pode ser desencadeada por um resfriado ou por alergias e pode desaparecer por conta própria. A sinusite crônica dura até oito semanas e pode ser causada por uma infecção ou por tumores.

Os sintomas incluem dor de cabeça, dor facial, secreção nasal e congestão nasal.

A sinusite aguda geralmente não requer nenhum tratamento além do alívio sintomático com medicamentos para a dor, descongestionantes nasais e soro para lavagem nasal. A sinusite crônica pode exigir antibióticos.

CONJUNTIVITE ALÉRGICA

A conjuntivite alérgica é uma inflamação na mucosa do olho (conjuntiva) devido a alergia. Embora haja diversos alérgenos, o pólen é uma causa sazonal comum.

Os sintomas incluem:
coceira, olhos marejados, vermelhidão ou olhos inchados (nos olhos)
sensibilidade à luz ou visão embaçada (na visão)

O tratamento inclui evitar os alérgenos e usar medicamentos anti-histamínicos, seja por via oral ou diretamente nos olhos.

ASMA E BRONQUITE

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas inferiores, ou seja, pulmão. Trata-se de doença limitante da qualidade de vida, potencialmente grave, podendo levar a limitação da capacidade pulmonar do indivíduo.

Os sintomas da asma variam na intensidade e frequência.

O diagnóstico da Asma é baseado na história clínica do paciente, podendo-se realizar exames complementares que auxiliam na mensuração da capacidade pulmonar do paciente, tais como: Espirometria ou prova de função pulmonar, Pico de fluxo (Peakflow), Testes cutâneos de leitura imediata (Pricktest) (esses visam determinar se a asma é alérgica e quais são os alérgenos envolvidos)


DERMATITE ATÓPICA

Até 20% das crianças e 3% dos adultos tem alguma forma de dermatite atópica e o número de doentes dobrou nas últimas 3 décadas. A doença tem origem genética e é considerada a principal doença inflamatória crônica da pele. É mais comum na infância e cerca de 60% dos casos ocorrem no primeiro ano de vida.

A forma leve é a mais comum (80% das vezes) e em 70% dos casos há melhora gradual até o final da infância. Infelizmente alguns casos podem se manter até a vida adulta e também é possível, embora mais raro, surgir pela primeira vez no adulto.

DERMATITE DE CONTATO

A dermatite de contato (ou eczema de contato) é uma reação inflamatória na pele decorrente da exposição a um agente capaz de causar irritação ou alergia. Existem dois tipos de dermatite de contato a irritativa e a alérgica:

surge após repetidas exposições a um produto ou substância. Depende de ações do sistema de defesa do organismo, e por esse motivo pode demorar de meses a anos para ocorrer, após o contato inicial. Essa forma de dermatite de contato aparece, em geral, pelo contato com produtos de uso diário e frequente, como perfumes, cremes hidratantes, esmaltes de unha e medicamentos de uso tópico, entre outros. As lesões da pele acometem o local de contato com a pele.

O diagnóstico pode ser esclarecido pelo teste alérgico de contato (patch-test) que consiste na aplicação de 30-40 substâncias na pele das costas.

ALERGIA A MEDICAMENTOS

A alergia a medicamentos é uma reação anormal do sistema imunológico a uma medicação, e não um efeito colateral da mesma, assim como também é distinta da toxicidade provocada pela ingestão acidental ou inadvertida.

Na maioria dos casos, uma alergia medicamentosa desenvolve-se quando o seu sistema imunológico se torna sensível à droga. Isto significa que a primeira vez que se ingere a droga, o sistema imunológico detecta como uma substância nociva e desenvolve um anticorpo específico para o fármaco. Na próxima exposição a droga, o sistema imune reconhece e desenvolve a reação alérgica.

Os tratamentos variam e podem incluir anti-histamínicos e esteroides. Também é preciso evitar alérgenos.

Dentre as substâncias mais frequentes nos casos de alergia, destacam-se: antibióticos, como as penicilinas; analgésicos e anti-inflamatórios não hormonais, quimioterápicos e agentes anestésicos ​

ALERGIA ALIMENTAR

A alergia alimentar é uma reação adversa, de causa imunológica, a um determinado alimento. O nosso organismo entende que aquele alimento é ruim para o nosso corpo e produz moléculas de defesa (anticorpo IgE) contra as proteínas desse alimento.

Esse mal entendido leva a um processo de inflamação e liberação de várias moléculas que resultam em uma agressão ao nosso corpo.

ALERGIA A INSETOS

Quando um inseto pica uma pessoa ele injeta algumas substâncias que têm a função de anestesiar o local e impedir a coagulação do sangue para poder então poder sugar.

Essas substâncias podem causar uma reação alérgica no local da picada, principalmente em crianças. ​

IMUNIDADE BAIXA

Imunidade é o nome que damos à capacidade do organismo de se defender de invasores, no caso vírus, bactérias ou fungos que possam causar doenças.

Quando ela está baixa, ficamos muito mais propensos a ter pequenas e grandes infecções e quadros como gripes.

INFECCÇÃO POR REPETIÇÃO

Alguns pacientes, principalmente crianças, apresentam quadros de infecções respiratórias de repetição.

Isso leva a um grande transtorno na vida dessas pessoas por terem que se afastar da escola, trabalho, atividades físicas e por vezes essas infecções pode complicar com doenças mais graves levando a visitas hospitalares, uso frequente de antibióticos e até internações. ​

URTICÁRIA

É uma doença de pele em que placas avermelhadas como picadas de mosquitos (empolamentos) aparecem em vários locais do corpo, geralmente coçam bastante. Essas placas normalmente duram menos de 24hs e desaparecem sozinhas ou com uso de medicamentos, sem deixar marcas, podendo aparecer em outro local logo depois.

Em algumas pessoas podem aparecer inchaços (angioedema), geralmente na boca, pálpebras, mãos e pés. O angioedema demora mais a sumir, até 72hs. O mastócito é uma célula presente em nossa pele que geralmente é a responsável pela urticária. Essa célula libera um mediador químico chamado histamina que quando liberada na superfície da pele causa a urticária e na parte mais profunda da pele o angioedema. ​

TESTES ALÉRGICOS

Quando combinado com uma história clínica detalhada os testes ajudam a encontrar a causa da reação alérgica e muitas vezes evitando o contato é possível curar ou ao menos amenizar as alergias.

Os testes ajudam a diagnosticar alergias a poeira, fungos, pelos de animais, picadas de insetos, alimentos diversos, medicamentos, produtos químicos, metais etc. ​

Convênios

Além dos planos de saúde listados abaixo, atendemos pacientes particulares em consultas, testes alérgicos e demais procedimentos na especialidade

Blog

Dicas de saúde e as últimas novidades na especialidade de Alergia e Imunologia

15 de julho de 2019

Alergia a antibióticos – alergia a penicilina

As penicilinas são os antibióticos mais usados no mundo, principalmente em crianças. Porém uma grande parte da população se diz alérgica a penicilinas e é obrigada […]
3 de abril de 2019

Salmão e nozes reduzem crises em crianças asmáticas, diz estudo

Uma análise feita por pesquisadores da Johns Hopkins Medicine (EUA) mostrou que crianças com asma e que ingerem uma quantidade maior de salmão ou nozes conseguem […]
2 de abril de 2019

Quem tem asma e bronquite tem direito a gratuidade na vacina da gripe

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta semana as vacinas aprovadas para prevenir a gripe em 2019 e a campanha de vacinação vai ocorrer […]
29 de março de 2019

Alérgico a leite? Intolerante a lactose? A páscoa chegou. E agora? Vai ficar sem seu chocolate?

Se você tem algum tipo de restrição alimentar como alergia ao leite de vaca (aplv), ou intolerância a lactose a páscoa pode ser um problema. Mas […]
12 de março de 2019

Sabonetes Syndets: banhos sem irritação e alergias

O pH da pele humana é levemente ácido, em média pH 5,5 conferindo uma proteção adicional contra microrganismos. O banho além de ser um momento de […]
27 de fevereiro de 2019

Dupixent: Chegou a cura para dermatite atópica?

Dermatite atópica (DA) é a principal doença inflamatória crônica da pele, acometendo até 20% das crianças e 3% dos adultos. É caracterizada por uma pele extremamente […]

Contato

Entre em contato conosco através dos canais abaixo:

Policlínica de Botafogo