A Clínica

Tradição e segurança para você

O Serviço de Alergia e Imunologia da Policlínica de Botafogo foi fundado pela Dra Maria Cecilia Aguiar em 1990 e desde então vem tratando gerações de famílias. Estamos localizados no primeiro andar do hospital, próximo a portaria principal.

Nosso objetivo é diagnosticar doenças alérgicas ( asma brônquica, rinite alérgica, dermatite de contato e atópica, conjuntivite alérgica, alergia a insetos, alergia alimentar, alergia a medicamentos, etc ) e imunodeficiências.

Atendemos clientes com horário marcado e os que nos procuram numa emergência.

Médicos de alto nível

Dra Maria Cecilia Aguiar

Formação

  • Formada pela Faculdade Nacional de Medicina (UFRJ) - 1970
  • Residência em Pediatria nos USA – Un. de Memphis, TN
  • Residência em Alergia e Imunologia nos USA, Clínica Mayo, MN
  • Fellow em Alergia e Imunologia nos USA, Un. de Harvard
  • Membro da Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia
  • Membro da Academia Americana de Alergia e Imunologia
  • Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria
  • Mestre em Alergia e Imunologia

Dr. Andre Aguiar Gauderer

Formação

  • Formado pela Faculdade Nacional de Medicina (UFRJ) - 2004
  • Residência em Otorrinolaringologia pela UFRJ
  • Pós-Graduação em Alergia e Imunologia pela UFRJ
  • Estágio no Serviço de Alergia e Imunologia da Uni Rio
  • Membro da IAPO, Interamerican Associatioon of Pediatric Otorhinolaryngology
  • Membro da Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia
  • Membro da Sociedade de Otorrinolaringologia do estado do Rio de Janeiro
  • Membro do Colégio Americano de Alergia e Imunologia
  • Membro da Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia

O Serviço de Alergia e Imunologia fica em um dos mais tradicionais hospitais da cidade e conta com o suporte de uma estrutura hospitalar para oferecer testes alérgicos e procedimentos na especialidade.


Tratamentos

Os mais diversos tratamentos na especialidades

RINITE ALÉRGICA

O termo rinite significa inflamação do nariz. A forma mais comum é a rinite alérgica, que acomete cerca de ⅓ da população mundial; sendo causada pela interação de fatores genéticos e exposição a fatores ambientais devido ao contato com alérgenos (substâncias que provocam uma resposta alérgica). Também podem ocorrer a rinite infecciosa, viral ou bacteriana, assim como a rinite gustativa e a rinite do idoso.

A principal causa da rinite alérgica é a hipersensibilidade aos ácaros da poeira de casa, mas ela também pode ocorrer devido a fungos (mofo), pelos de animais, pólen, dentre outros. Apesar da rinite alérgica não oferecer risco de vida, ela reduz significativamente a qualidade de vida da paciente e prejudica o seu rendimento profissional e escolar.

A rinite infecciosa é mais comum em crianças, principalmente em idade pré-escolar, e requer tratamento sintomático e lavagem nasal vigorosa. A rinite gustativa pode acontecer no momento da refeição, principalmente com alimentos muito condimentados como pimenta, e geralmente o paciente apresenta coriza cristalina ao se alimentar. Já a rinite do idoso é multifatorial, podendo ocorrer devido ao ressecamento das mucosas decorrente da idade, assim como efeito adversos de alguns medicamentos.

SINUSITE

é uma inflamação da mucosa dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos. A doença pode ser secundária a uma infecção, quadro alérgico ou qualquer fator que atrapalhe a correta drenagem de secreção dos seios da face. A sinusite aguda pode ser desencadeada por um resfriado ou por alergias e pode desaparecer por conta própria. A sinusite crônica dura até oito semanas e pode ser causada por uma infecção ou por tumores.

Os sintomas incluem dor de cabeça, dor facial, secreção nasal e congestão nasal.

A sinusite aguda geralmente não requer nenhum tratamento além do alívio sintomático com medicamentos para a dor, descongestionantes nasais e soro para lavagem nasal. A sinusite crônica pode exigir antibióticos.

CONJUNTIVITE ALÉRGICA

A conjuntivite alérgica é uma inflamação na mucosa do olho (conjuntiva) devido a alergia. Embora haja diversos alérgenos, o pólen é uma causa sazonal comum.

Os sintomas incluem:
coceira, olhos marejados, vermelhidão ou olhos inchados (nos olhos)
sensibilidade à luz ou visão embaçada (na visão)

O tratamento inclui evitar os alérgenos e usar medicamentos anti-histamínicos, seja por via oral ou diretamente nos olhos.

ASMA E BRONQUITE

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas inferiores, ou seja, pulmão. Trata-se de doença limitante da qualidade de vida, potencialmente grave, podendo levar a limitação da capacidade pulmonar do indivíduo.

Os sintomas da asma variam na intensidade e frequência.

O diagnóstico da Asma é baseado na história clínica do paciente, podendo-se realizar exames complementares que auxiliam na mensuração da capacidade pulmonar do paciente, tais como: Espirometria ou prova de função pulmonar, Pico de fluxo (Peakflow), Testes cutâneos de leitura imediata (Pricktest) (esses visam determinar se a asma é alérgica e quais são os alérgenos envolvidos)


DERMATITE ATÓPICA

Até 20% das crianças e 3% dos adultos tem alguma forma de dermatite atópica e o número de doentes dobrou nas últimas 3 décadas. A doença tem origem genética e é considerada a principal doença inflamatória crônica da pele. É mais comum na infância e cerca de 60% dos casos ocorrem no primeiro ano de vida.

A forma leve é a mais comum (80% das vezes) e em 70% dos casos há melhora gradual até o final da infância. Infelizmente alguns casos podem se manter até a vida adulta e também é possível, embora mais raro, surgir pela primeira vez no adulto.

DERMATITE DE CONTATO

A dermatite de contato (ou eczema de contato) é uma reação inflamatória na pele decorrente da exposição a um agente capaz de causar irritação ou alergia. Existem dois tipos de dermatite de contato a irritativa e a alérgica:

surge após repetidas exposições a um produto ou substância. Depende de ações do sistema de defesa do organismo, e por esse motivo pode demorar de meses a anos para ocorrer, após o contato inicial. Essa forma de dermatite de contato aparece, em geral, pelo contato com produtos de uso diário e frequente, como perfumes, cremes hidratantes, esmaltes de unha e medicamentos de uso tópico, entre outros. As lesões da pele acometem o local de contato com a pele.

O diagnóstico pode ser esclarecido pelo teste alérgico de contato (patch-test) que consiste na aplicação de 30-40 substâncias na pele das costas.

ALERGIA A MEDICAMENTOS

A alergia a medicamentos é uma reação anormal do sistema imunológico a uma medicação, e não um efeito colateral da mesma, assim como também é distinta da toxicidade provocada pela ingestão acidental ou inadvertida.

Na maioria dos casos, uma alergia medicamentosa desenvolve-se quando o seu sistema imunológico se torna sensível à droga. Isto significa que a primeira vez que se ingere a droga, o sistema imunológico detecta como uma substância nociva e desenvolve um anticorpo específico para o fármaco. Na próxima exposição a droga, o sistema imune reconhece e desenvolve a reação alérgica.

Os tratamentos variam e podem incluir anti-histamínicos e esteroides. Também é preciso evitar alérgenos.

Dentre as substâncias mais frequentes nos casos de alergia, destacam-se: antibióticos, como as penicilinas; analgésicos e anti-inflamatórios não hormonais, quimioterápicos e agentes anestésicos ​

ALERGIA ALIMENTAR

Alergia alimentar é uma reação do sistema imunológico que ocorre logo após a ingestão de um determinado alimento. Mesmo uma pequena quantidade do alimento que causa alergia em algumas pessoas pode desencadear sinais e sintomas, que costumam variar de gravidade.

É fácil confundir alergia alimentar com intolerância alimentar, que é uma reação muito mais comum. Esta última, no entanto, é menos grave que uma alergia alimentar e não envolve o sistema imunológico.

Qualquer alimento pode causar uma reação alérgica, mas alguns são os principais vilões. Nas crianças, as alergias alimentares mais comuns são: Ovo, Leite, Amendoim, Frutos do mar (camarão, caranguejo, lagosta), Soja, Frutas secas e Glúten (doença celíaca)​

ALERGIA A PICADAS DE MOSQUITO

Qualquer picada de inseto provoca uma pequena reação alérgica com vermelhidão, inchaço e coceira no local da picada, no entanto, algumas pessoas podem apresentar uma reação alérgica mais grave que pode causar inchaço de todo o membro afetado ou de outros locais do corpo.

No entanto, pessoas mais sensíveis à picada de insetos podem apresentar alguns sintomas de alergia, como: Vermelhidão e inchaço do membro afetado, dor ou coceira intensa no local afetado, saída de um líquido fluido e transparente pelo local da picada.

É considerado alergia à picada quando estes sintomas surgem após a picada de um inseto não peçonhento, como mosquito, formiga, abelha ou pulga, por exemplo.

IMUNIDADE BAIXA

Imunidade é o nome que damos à capacidade do organismo de se defender de invasores, no caso vírus, bactérias ou fungos que possam causar doenças. Quando ela está baixa, ficamos muito mais propensos a ter pequenas e grandes infecções e quadros como gripes.

Os principis sintomas são: Infecções frequentes (amigdalites, herpes, gripes), demora para ficar curado de doenças, Infecções pequenas que facilmente pioram, febre recorrente e calafrios, muito cansaço, náuseas, vômitos e diarreia. O diagnóstico é feito pela avaliação clínica e um exame de sangue para verificar se o número de células brancas de defesa (leucócitos) está baixo. Se o número for inferior a 4.000 mm³, pode indicar um enfraquecimento do sistema imunológico.

INFECÇÕES DE REPETIÇÃO

Ocorrem em pessoas com o sistema imunológico deficiente em algum setor e manifesta-se por meio de infecções “comuns”, como otites, pneumonia, sinusites, entre outras. É importanta para o tratamento destas doenças garantir aos pacientes o acesso à reposição de imunoglobulina por via venosa ou subcutânea regularmente.

O diagnóstico é feito em uma avaliação clínica detalhada e exames complementares.

URTICÁRIA

Urticária é uma reação alérgica da pele caracterizada pela erupção de pápulas salientes, avermelhadas e muito pruriginosas. Em alguns casos, a sensação pode ser semelhante a queimaduras ou picadas.

Pode ser desencadeada por diversos fatores: Alimentos, como frutos do mar, peixe, amendoim, nozes, ovos e leite. Medicamentos, como penicilina, ácido acetilsalicílico e remédios para controle da pressão arterial.

O tratamento da urticária é considerado eficaz quando o paciente fica completamente livre dos sinais e sintomas da doença. Para isso, o primeiro passo é determinar o tipo de urticária (crônica ou aguda / espontânea ou induzida).


TESTE ALÉRGICO

O teste de alergia é um tipo de exame de diagnóstico que serve para saber se a pessoa tem ou não algum tipo de alergia como a alergia de pele, alergia a desodorante, alimentar, medicamentosa ou até respiratória.

O teste de alergia é feito no consultório do alergologista e é recomendado quando a pessoa apresenta coceira, inchaço ou vermelhidão na pele. Esses testes também podem ser feitos através de exames de sangue, que determinam quais as substâncias dos alimentos ou ambiente têm maior risco de provocar alergia. No serviço de Alergia e Imunologia da Policlínica de Botafogo você realiza seus testes alérgicos com mais segurança, pois possui toda a infraestrutura de um hospital geral para o caso de intercorrências.


Convênios

Ampla rede credenciada

  • ALLIANZ
  • AMAFRERJ
  • AMIL (exceto Amil Dix e Amil Next)
  • BRADESCO (exceto Rede Nacional Flex, Rede Nacional Flex II e Rede Rio)
  • CABERJ
  • CAMARJ
  • CAMPERJ
  • CAREPLUS
  • CASSI
  • CAURJ
  • ELETROS
  • EMBRATEL
  • FAPES
  • FIOPREV
  • GOLDEN CROSS
  • GAMA SAÚDE
  • IPALERJ
  • LIFE SAÚDE
  • MÚTUA
  • MEDISERVICE
  • MEDIAL (AMIL)
  • OMINT
  • PAME
  • PETROBRÁS
  • REAL GRANDEZA
  • SUL AMERICA
  • TELOS
  • UNAFISCO
  • UNIMED Rio
  • UNIMED Intercambio

Blog

Informações e novidades na especialidade de Alergia e Imunologia

3 de abril de 2019

Salmão e nozes reduzem crises em crianças asmáticas, diz estudo

Uma análise feita por pesquisadores da Johns Hopkins Medicine (EUA) mostrou que crianças com asma e que ingerem uma quantidade maior de salmão ou nozes conseguem […]
2 de abril de 2019

Quem tem asma e bronquite tem direito a gratuidade na vacina da gripe

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta semana as vacinas aprovadas para prevenir a gripe em 2019 e a campanha de vacinação vai ocorrer […]
29 de março de 2019

Alérgico a leite? Intolerante a lactose? A páscoa chegou. E agora? Vai ficar sem seu chocolate?

Se você tem algum tipo de restrição alimentar como alergia ao leite de vaca (aplv), ou intolerância a lactose a páscoa pode ser um problema. Mas […]
12 de março de 2019

Sabonetes Syndets: banhos sem irritação e alergias

O pH da pele humana é levemente ácido, em média pH 5,5 conferindo uma proteção adicional contra microrganismos. O banho além de ser um momento de […]
27 de fevereiro de 2019

Dupixent: Chegou a cura para dermatite atópica?

Dermatite atópica (DA) é a principal doença inflamatória crônica da pele, acometendo até 20% das crianças e 3% dos adultos. É caracterizada por uma pele extremamente […]
28 de janeiro de 2019

O que é alergia?

Quando você tem alergia, o sistema imunológico do seu corpo reage exageradamente e ataca coisas inofensivas como ácaros, fungos, polén ou pelo de animais. O corpo […]

Contato

Atendimento de 8:30 às 18h, diariamente


SERVIÇO DE ALERGIA E IMUNOLOGIA DA POLICLINICA DE BOTAFOGO
21. 2543-1939
21. 2542-7675
21. 3298-1939
21. 99086-7309
contato@alergiabotafogo.com.br

Servico de Alergia e Imunologia da Policlínica de Botafogo